Ação e Divulgação – Tag: O Garoto do Cachecol Vermelho

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Oi oi, pessoal! Hoje eu não vim com uma resenha, mas sim com uma ação de divulgação para uma querida escritora e amiga chamada Ana Beatriz Brandão. Vocês já devem ter ouvido falar sobre ela, principalmente aqui no portal quando eu comentei sobre as obras dela no episódio de Mulheres na Literatura do Alias e também com a resenha de O Garoto do Cachecol Vermelho. E bem, por falar no Dani Dani, é exatamente sobre ele que este post quer falar, mais especificamente sobre o livro ‘A Garota das Sapatilhas Brancas’ que é um spin-off contando tudo na visão do Daniel Lobos.

Ou seja, lá vem mais um tiro, mais um sucesso da Aninha e bem, ela me convidou pra responder essa tag e não esquecer de deixar todos os link’s pra vocês adquirirem tanto O Garoto do Cachecol Vermelho, quanto A Garota das Sapatilhas Brancas que será lançado nessa Bienal do Rio, e todos os outros livros dela.

Vamos lá?

TAG – O GAROTO DO CACHECOL VERMELHO

Daniel, o vândalo preferido – um livro que você amou do começo ao fim e ficou com gostinho de quero mais:

Um livro que eu AMEI e fiquei querendo mais desesperadamente foi, com certeza, A Maldição do Tigre. Eu já fiz resenha de todos os livros da saga aqui no portal, então, vocês sabem muito bem meu amor pela história de Kelsey e Ren e toda a mitologia indiana envolvida além de muuuuuita ação e magia. Enfim, é o vândalo preferido.

Melissa, a bailarina quase insuportável – um livro que você detestou no começo, mas depois passou a gostar?

A Hospedeira foi um livro que me torturou por dias com o começo devagar e extremamente descritivo. Eu realmente achei que não ia conseguir lê-lo até que fui arrebatada pra dentro das páginas e… bem, acabei me apaixonando muito pela história da Melanie e da Peregrina. Ele é definitivamente minha Mel.

Regina, a mãe ausente – um livro que você abandonou, mas que vai dar uma segunda chance:

Depois de Você foi um livro que eu simplesmente abandonei e ainda não sei o porquê. Talvez porque na minha cabeça não faça muito sentido ter uma continuação de Como Eu Era Antes de Você, mas prometo dar uma segunda chance a ele.

Helena, a que não leva desaforo pra casa – um livro que você defende com unhas e dentes:

Julieta é um livro não muito conhecido, mas mesmo assim eu o defendo com unhas e dentes. Foi um dos livros que mais me fez mergulhar no mundo literário e eu não posso esquecer do meu maravilhoso Alessandro ‘Romeo’ Marescotti. Como lidar, né? Sempre defenderei você, Julieta <3.

Pedro, o babaca – um livro que tenha um personagem que você detesta:

Não Pare é uma trilogia da FML Pepper e é uma trilogia SENSACIONAL, mas, sinceramente? A personagem principal, Nina Scott, me dá asco, não consigo gostar dela. Sabe aquela personagem chata, sonsa e mais sem sal que a Bella? Não consigo suportar a Nina. Felizmente a história é sensacional, então, não me arrependo mesmo que a garota me dê ânsia de vômito.

Diana, a amiga que não sai da friendzone – Um personagem que você queria que tivesse ficado com a mocinha, ou mocinho da história, mas não saiu da friendzone:

O Morro dos Ventos Uivantes. Mesmo sabendo que as irmãs Brontë vieram pra falar que a vida não é NADA boa, principalmente pra uma jovem na Inglaterra do século 18, eu queria que a Catherine ficasse com o Heathcliff.

Fernanda, a amiga maluca que você respeita – Cite um livro que tem um personagem que te fez rir muito durante a leitura:

A Saga Deuses do Egito, com certeza, Liliana Young é das minhas. Eu ri muito com ela, além de me identificar bastante.

A Garota das sapatilhas brancas, o spin-off – Um livro que você espera ansiosamente pela continuação:

São inúmeros livros, principalmente A Fúria e a Aurora que já tem aí pra vender, mas que eu tô sem grana pra comprar kkkk, Caçadores de Almas – saudades do Dorian, viu, Ana? – e principalmente A Garota das Sapatilhas Brancas. Necessito dessas continuações.

Enfim, essa é a Tag. Obrigada, Ana por essa oportunidade de falar mais sobre suas obras e responder essa tag divertida.

E, bem, esperem muito sucesso com a continuação de O Garoto do Cachecol Vermelho. Aliás, vem conhecer a Ana nas redes sociais dela. Vou deixar tudo aqui pra vocês acompanharem.

Os blogs interessados podem sim responder essa tag. Vem fazer essa ação de divulgação tão linda e cheirosa junto comigo!

Até mais, meu povo. Mês que vem a gente se vê! Allons-y.

 

Karol

Jovem com alma de criança. Cabeça nas estrelas, pés no chão e olhos no céu. Escritora amadora nas horas vagas e sonhadora em tempo integral.