Jamestory – Desfecho [01]

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Uma estrela dourada se forma e os cinco começam a recitar a contramágica.

Quod apertum

Impedimentum finis

Apertus

Nunquam Clausa!

Ao terminar de recitar, fincaram suas espadas nas pontas da estrela.

Lentamente, o domo começou a ruir, e os exércitos puderam entrar.

Os anjos formaram um cerco ao redor do castelo.

James, Yesh, Gaella, Raphael e Miguel adentraram a porta da frente do castelo, sem grandes dificuldades.

James brandia sua longa espada flamejante, e era o único ali que não trajava armadura. Vestia um jeans escuro e um sapato derby, e uma camisa social branca, demonstrando uma certa arrogância, como quem tem certeza de ir a batalha sem ter a menor chance de ser atingido.

Yesh trajava uma imponente armadura dourada, misturando placas prateadas no peito e ombros e cotas de malha. Apesar de parecer pesada, era uma armadura que ainda lhe permitia boa movimentação em batalha. Sua espada era capaz de se transformar quando desejado. Portava agora um imponente machado, maior que ele mesmo. Yesh era maior que a maioria dos jogadores de basquete, e parecia estar segurando uma coluna de edifício com lâminas.

Gaella, no auge de seu poderio mágico, trajava um belíssimo robe azul e dourado, e tinha os cabelos longos e negros presos em um coque estilo oriental, com sua fina e pontiaguda espada embainhada.

Raphael exibia sua magnífica armadura dourada de arcanjo. Era a mais pesada de todas as armaduras dos arcanjos, totalmente feita de placas perfeitamente ajustadas ao seu corpo. Quando questionado sobre o peso de sua armadura de batalha, Raphael dizia que não precisava correr com ela, mas que seus inimigos é quem deviam correr dele usando tal armadura. Mesmo assim, era extremamente ágil em batalha. A espada era algo que carregava por costume “do cargo de arcanjo” como dizia, mas sua arma favorita era uma incrível foice. O arcanjo da cura era também letal quando necessário.

Miguel também possuía uma armadura dourada, mas esta era aparentava ser leve, fina e frágil, justo para o arcanjo guerreiro, armadura tão delicada. Miguel havia ganhado esta armadura, a mais leve e resistente de todas, para poder usar todo seu poder e agilidade em combate. Guerreiro algum se comparava à ele.

Os cinco avançavam castelo à dentro, sendo observados por toda parte pelo exército demoníaco que guardava o lugar. Eles estavam com suas armas em posição de guarda e não pareciam demonstrar hostilidade. O medo em seus corações era perceptível ao verem tantos anjos formando um domo vivo ao redor do castelo. O céu se enegreceu e, se não fosse pela luz que os anjos invocavam simplesmente por sua presença no local, tudo estaria um breu.

Jamestory – Mauricio Martins

 

 

 

 

Mauricio Souza

Católico, Escritor, Músico & Compositor, RPGista, Universitário, Membro do CLJ e Bad Joke Guy