Lançamento de A Joia da Alma, de Karen Soarele

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

No último dia 18, a autora Karen Soarele fez a última data de lançamento do seu mais novo romance, A Joia da Alma, também o seu primeiro no universo de Tormenta. Como ia ser na minha terrinha mesmo, saí de Londrina e encarei a quest das 10 horas de ônibus pra acompanhar tudo de perto. Ela já tinha passado por Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e, por fim, Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, o dia em questão.

Cheguei com minha party na Livraria Leitura pouco depois da hora marcada pro início. Além da Karen, logo localizei o marido dela, Luís Brueh (que também andou divulgando por esses dias uma criação própria, o jogo de tabuleiro Dwar7s), encarregado de tirar fotos, e o Guilherme Dei Svaldi, editor-chefe da Jambô Editora e um dos autores fixos do Tormenta, que conversava com algumas pessoas do público. Comprei minha cópia do livro, cumprimentei alguns amigos, esperei o evento começar.

02

Todos com suas devidas cópias e acomodados, o lançamento foi iniciado por um bate-papo com o público, que envolveu o processo criativo do escritor, perguntas sobre como se tornar um autor vindo de uma cidade que está fora do centro da produção cultural nacional, o futuro do universo de Tormenta e como o romance novo se comunicava com o que já tinha sido produzido.  O papel de mestre de cerimônias foi bem desempenhado por Dei Svaldi, que deu o ritmo da conversa de forma leve, enquanto a escritora se mostrava espontânea e acessível.

Acompanhar a carreira literária da Karen sempre é muito interessante pra mim, não só porque é bacana ver uma escritora saindo da cidade onde eu cresci, lançada por uma editora grande em um gênero que ainda está em fase de construção no Brasil, mas também porque eu conheço ela desde os meus (ou melhor, nossos) treze anos de idade, e isso coloca toda uma perspectiva diferente na situação.

06

Eu não estou falando aqui sobre alguém que dá aquela sensação de ter surgido do nada, numa manhã aleatória, com meia dúzia de livros prontos, leitores, um romance ambientado no maior universo de fantasia criado no Brasil. Não, estou falando sobre uma menina que conheci quando disputei com ela o empréstimo de uma edição de Harry Potter na saída da escola, que rabiscava os cadernos e apostilas com fragmentos de histórias e personagens que um dia viriam a se tornar as Crônicas de Miríade. Cada pergunta e resposta sobre suas inspirações, o tempo que levou para criar um universo próprio, sobre as mesas de RPG que tinha jogado, tudo vinha acompanhado de muitas memórias do correr dos anos.

Ao fim do bate-papo, formou-se a fila para assinar as cópias dos livros, e pelas próximas uma hora e meia, cada um dos presentes teve a oportunidade de ganhar seu autógrafo, tirar fotos, trocar ideias e impressões. Fãs, tanto de Soarele quanto do universo de Tormenta, atendidos com cortesia e paciência até o último. O shopping onde se encontra a livraria já estava fechado quando as últimas pessoas se foram.

Foi uma noite muito gostosa, com uma sensação boa de ter aquele parente querido que não vê a tempos dando uma passada em casa (ela e o marido estão morando no Canadá desde 2014). E foi um prazer ainda maior depois, no ônibus voltando pra Londrina, começar a ler A Joia da Alma e ver ali uma autora madura e competente, no domínio da sua linguagem. Como Dei Svaldi mesmo disse algumas vezes durante a noite, uma escritora formada.

07

08

P.S. 1: Agradecimentos especiais para a Paloma Ceresani, da Jambô Editora, por ter cedido as fotos que tirou e por ter salvado o dia. Alguns heróis usam capa, outros usam mala.

P.S. 2: Já coloquei a cópia de A Joia da Alma do Vulto no correio e em breve vai rolar resenha, fiquem atentos!

Vinicius Mendes

Escritor, redator publicitário e conspirador pela dominação mundial. Quando não está trabalhando ou estudando, assiste animações e filmes chatos, conhece uns graphic novels e mangás, lê de Paulo Coelho a Saramago, joga videogame e RPG de mesa e tenta fazer receitas de doce que aprende no Youtube.