Lote Piloto #07- Gourmetização da VIDA!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

A vida está sendo Gourmetizada. O bolinho virou Cupcake, picolé virou Palleta Mexicana e Rugby virou Futebol Americano!

Minhas redes sociais estão aqui em abaixo, me sigam lá pra não perder os nudes que eu mando pelas madrugadas:

Twitter @Lhvazz
Facebook Lhenrique002

Tem também o feed do “Lote Piloto“, e o SoundCloud. Só Cricar nos lugares Cricáveis, que sua internet fará a mágica do redirecionamento.

“Vida longa e próspera” pro cês!

Luiz Henrique

Bom dia mesmo que de noite pessoas! Meu nome é Luiz Henrique, e se quiser saber mais sobre mim... Escuta o Lote Piloto! Também conhecido como o melhor podcast do mundo. Conhecido por 3 pessoas, que são familiares e não entenderam bem o que é um podcast. "-É tipo uma rádio né?! - É sim vó!"

  • Muito bom, ri tanto que espirrei leite achocolatado pelo nariz, colhi tudo com um copo decorado e revenderei como milk shake gourmet! Ficarei rico, e tudo graças a vocês!

    A propósito, aqui tem um lugar medonho, numa daquelas quebradas nada recomendáveis, que compra hot pocket e revende pelo triplo do preço na birosca, chamando de hambúrguer gourmet.

    Ótimo episódio, parabéns. 8)

  • Darley Santos

    Pouquíssimas vezes ouvi falar do gourmetização… parece um conceito interessante quando pensamos em sofisticação. Mas aí leio o seguinte “produtos ou refeições gourmet são normalmente mais caras que os seus equivalentes não gourmet”… Pô, leio em seguida que o termo está ficando banalizado e ganhando um sentido pejorativo, mas, péra! Isso não é simplesmente um distintivo social, um elitismo de classe, ou mesmo esnobismo??? Parece ser só uma questão de status poha!!!
    Cara, comecei a ler um artigo aqui chamado “Por que a saúde mental ainda é ‘gourmetizada’?”. Vi também “A gourmetização da odontologia”, e ainda, “O mundo moderno e sua ‘gourmetização’”… Putz, sei não mas, sei lá…

  • Pétrus Davi

    Olá Luiz, tudo bem? Este é meu primeiro comentário no Lote Piloto o/.
    Sobre o episódio, concordo que a gourmetização da vida só serve para as pessoas que querem mostrar algum status social. Na verdade você não compra pra você, e sim para os outros. Como sou de belém do pará e estamos 10 anos atrasados no tempo em relação ao resto do país, quem sabe do mundo, ainda podemos encontrar aqui churros ao preço de um ou dois reais.
    Aqui também já tem alguns food trucks, porém ainda não tive vontade de ir justamente pelo motivo que deu no episódio, por ser mais uma gourmetização da lanchonete, ou carro de lanche da esquina.
    Gostei da ideia de fazer um podcast curtinho sobre situações corriqueiras, coisas que as vezes pode ser até mais interessante que um podcast sobre quadrinhos ou filmes haha. Aguardando ansiosamente pelos próximos e abraços! 

    • A única vez que fui a um food truck me foody…triplo do preço, um terço do tamanho e sem gosto nenhum.. só preço..achei que seria uma maraviha, mas como melhor em casa.. ou nos traillers da cidade..

    • Luiz o Henrique

      Cara, só fui ver agora o comentário.
      Fico feliz q tenha curtido o formato, fiz assim pra poder caber dentro da minha rotina. Acabou q era conveniente.