Lote Piloto #08 – A estrada da calvice

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Na vida nós perdemos muitas coisas. Perdemos empregos, perdemos amizades, perdemos amores… Mas nada disso se compara com perder cabelo.

Minhas redes sociais estão aqui em abaixo, me sigam lá pra ficar atualizado sobre todas as notícias de Cléo Pires.

Twitter @Lhvazz
Facebook Lhenrique002

Tem também o feed do “Lote Piloto“, e o SoundCloud. Só Cricar nos lugares Cricáveis, que sua internet fará a mágica do redirecionamento.

“Vida longa e próspera” pro cês!

Luiz Henrique

Bom dia mesmo que de noite pessoas! Meu nome é Luiz Henrique, e se quiser saber mais sobre mim... Escuta o Lote Piloto! Também conhecido como o melhor podcast do mundo. Conhecido por 3 pessoas, que são familiares e não entenderam bem o que é um podcast. "-É tipo uma rádio né?! - É sim vó!"

  • Fabiana Murray

    Se nascesse na minha familia, vc ia ser cabeludo e com sobrenome chique! hahahahahaha. Eu sou parente é do tenista Andy Murray lá das bandas da Inglaterra e vc falou certo meu sobrenome em português e em inglês. Ah! Já mandei um recadinho pro Bill que ele é mal. hahahahahahahahah

    • Eu só fui perdoar ele depois que ele fez Zumbilândia, e bom saber que não sou tão ignorante a ponto de errar seu nome em dois idiomas.

      • Fabiana Murray

        Né não. Se deu bem.

    • Darley Santos

      E eu achando que ela era parente do Dave Murray hahaha

      • Imagine a ceia de natal dessa família…

        • Darley Santos

          kkk Andy, Bill, Dave… tudo Murray! A ceia de natal é? rsrsrs

          • Fabiana Murray

            já tem na netflix. A very Murray Christmas. hahahahahaha

          • Darley Santos

            Gosta de Musicais?

          • Cara, musical vai entrar no podcast “Coisas que eu odeio”. hahah
            Pauta em desenvolvimento.

          • Fabiana Murray

            eu fiz uma brincadeira por causa do meu sobrenome. Eu gosto de filmes de competição de dança.

      • Fabiana Murray

        Tem o Chad Michael Murray também.

        • Darley Santos

          Mais um… esse é o bonito chato hahah! Me lembro dele pegando no pé do Jared Padalecki nos extras pra DVD do filme A Casa de Cera.

  • Vanei Anderson Heidemann

    Ainda não estou ficando careca. Mas pelo sim pelo não, sempre corto o cabelo curto com máquina, aí quando começar a cair, quase nem vai fazer diferença. E de lambuja não preciso ficar penteando e me vendo no espelho, que alias, não é uma visão lá grandes coisas.

    • hahaha, ta certo.
      O bom é que se cair, tu não vai sentir falta. Só da pra sentir falta daquilo que cultiva.

  • Darley Santos

    Acho algo cabuloso tanto crianças quanto idosos cabeludos, parece anti-natural huahuahua. Mas normalmente, no começo o cabelo parece a Macedônia com Alexandre O Grande, começa pequeno e pouco e aí, numa sanha imperialista, começa a tomar todo o globo do crânio ou escalpo hahaha, mas assim como o Império Romano vai pouco a pouco se desfazendo até implodir de vez kkk. Ó destino cruelmente inexorável a que todos estamos sujeitos! Não adianta lutar, e todas as tentativas parecem ser pateticamente forçosas de evitar o que não se pode evitar hahah.
    Véi, tô achando que cê deve dançar uns rock em cima da cama, diz se não? Só nos blues e rockabilly hehe.

    • Eu curto muito Rockabilly e Blues, e o editor Sr A também.
      Então virou consenso.

      • Tiago Ramos Melo

        Sempre gostei das trilhas, na próxima, veja se você ou Sr. A manda a playlist dos cantores.

  • Tiago Ramos Melo

    Se seu problema é falta de cabelo, a minha é o reverso, sempre tive muito cabelo que infelizmente foi o motivo de ganhar vários apelidos de grandes astros como Tony Ramos, Sidney Magal e o diabo Don Diego Maradona.
    Meu cabelo crescia muito rápido, mal cortava o cabelo e menos de 2 ou 3 meses aquilo crescia com uma malemolência enorme que eu ficava assustado. Até meus pais brincavam muito pois quando era pequeno eu tive um penteado inspirado no Xororó (lembra daquelas madeixas lisas kkkk eu tive), até tirar e voltar o meu penteado antigo mas com os incríveis mullets.
    Quando comecei a trabalhar tive que ter cuidado a mais com o penteado, todo mundo queria ele bem certinho, mas como tenho fama de ser oposição no trampo, deixava crescer que chegava até nos meus ombros, todo cabeleiro que passava comigo era uma experiência enorme pra deixar bem baixinho e reto.
    Penso num dia que eu perder o cabelo, seria díficil pra mim por sentir falta dele, meu pai é também bem peludo mas com o tempo tá perdendo os fiozin, mas é bem pouco, então vou ter que aturar isso…ao menos que passo o zero. Parabéns pelo projeto que ainda é piloto mas é bem divertido.

    • Sempre achei maneiro cabelo grande Mas o meu quando crescia, crescia para cima.
      Cultive enquanto pode, talvez nem vai ser afetado pela calvície. Pelo q fiquei sabendo é o sétimo filho homem que nascido depois da 00:00 que recebe essa maldição da calvície.