Luke Cage e Punho de Ferro #1 (2016) – review

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Salve, salve, seres humanos super heroicos da terra.

Como prometido no Flash News dessa semana, hoje vamos falar dos heróis que estão em alta no coração da galerinha, Luke Cage e Punho de Ferro. Luke Cage, cuja série estreou recentemente, e Punho de Ferro, cujo trailer da série saiu recentemente e a série promete. Então vamos lá:

Luke Cage e Punho de Ferro #1 – Review

power-man-and-iron-fist

 

A história começa com Luke Cage ligando para a Jessica, que atualmente é sua esposa, para avisar que eles vão usar o carro dela para resolver um “negócio”. Ela questiona se eles voltaram a trabalhar juntos. Luke Cage continua dizendo que não.

Eles seguem trocando uma ideia enquanto aguardam alguém. Uma pessoa está sendo libertada da cadeia, eles conversam suas mágoas enquanto esperam a pessoa.

luke-cage-iron-fist-pag-6

 

Jennie Royce era a administradora da finada empresa dos Heróis de Aluguel. Eles vão a um restaurante e comem enquanto conversam sobre a vida da Royce. Ela conta que seu ex, um cara chamado Crime-Buster que batia nela. Ela conta que uns caras para quem ele devia, antes de morrer, roubaram um cofre deles e que nesse cofre havia um colar que pertencia a avó dela.

Danny aceita ir buscar o colar, mas Luke fica bolado com isso. O colar está com Lonnie Lincoln, o Lapide, um mafioso fodão da cidade. Eles vão até lá, Lápide diz que o colar é dele e que ele o ganhou em um jogo de cartas, ele fica ofendido por ser chamado de mentiroso e por que Luke levou uma arma viva (no caso o próprio Punho de Ferro) e isso era uma ameaça. Começa um quebra pau.

luke-cage-e-punho-de-ferro-pag-15

 

Obviamente eles conseguem derrotar todo mundo e pegar o colar deles. Eles devolvem o colar para Jennie e ela chora de felicidade e agradece eles e rola abraço coletivo e tudo mais, mas no fim da edição vem a reviravolta:

luke-cage-e-punho-de-ferro-pag-20 luke-cage-e-punho-de-ferro-pag-21

Fim da edição!

O que eu achei? Eu costumo passar bem batido pelos diálogos pelo simples motivo de que seria um porre se eu ficasse contando o que os personagens conversam detalhadamente, e exatamente por isso que dessa vez pareceu que essa é uma hq onde pouca coisa acontece, mas não é bem assim. O foco dessa primeira edição é muito mais mostrar como Luke Cage e Punho de Ferro estão se relacionando antes de voltarem a trabalhar juntos, e os diálogos são muito fluídos e competentes nisso. A trama do colar é secundária nesse ponto.

Resumindo: É uma hq competentíssima que é capaz de deixar feliz quem conhece muito os personagens e queria vê-los juntos de novo, e capaz de divertir e apresentar de forma clara os personagens para quem não conhece.

A única coisa que me incomodou um pouco é que, nessa série, a Jessica Jones parece só uma dona de casa. Meio chatinho.

Roteiro: David Walker
Arte: Sanford Greene
Cores: Lee Loughridge

É isso pessoas. Se você curtiu a série do Luke Cage e o trailer do Punho de Ferro, leiam a revista.
Deixe aí seu comentário.
Um abraço.
E tchal.

vulto

"Depois de mim sou eu."