Old is Cool – Homem Pássaro

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

As vezes acho que faltou aos genais William Hanna e Joseph Barbera, um executivo decente, ou algo assim.

Sempre tiveram um potencial inegável, inclusive para personagens sérios, e heróis fantásticos. Um deles que falarei um pouco hoje é o Homem Pássaro, o Birdman no original.

Ray Randall, o Homem Pássaro, nome pouco(ou nunca revelado), era um homem comum que ganhou seus poderes do sol, ou de alguma divindade solar, tanto algo nele lembrava um pouco deuses astecas ou mais.

birdman
Com seu fiel falcão, o Vingador, o herói vivia a serviço do governo, sob o comando direto do Agente 7.

Entre seus inimigos estavam: alienígenas, monstros, terroristas.

Eu acredito que se tivesse sido melhor trabalhado, ou se fosse oriundo dos quadrinhos, o Homem Pássaro poderia ser hoje um herói do nível de um Capitão América ou mesmo de um Super Homem. Mas foi gerado de um desenho com tinha de agradar o publico infantil.

Uma das falhas da trama por exemplo era a facilidade como o herói perdia seus poderes, e a facilidade como “recarregava”, e sim, o termo é apropriado uma vez que a origem de sua energia era o sol.

 

Com apenas 2 temporadas e 40 episódios, a obra é datada de 1967. A pouco tempo ainda tinha reprises nos canais de desenhos, hoje confesso que não acompanho mais.

Quer debater sobre este post? Além do Disqus, acesse nosso grupo no Telegram:   Telegram logo

 

 

 

Senhor A - Alexandre Gomes

Autodidata em edição de podcast, adepto de softwares livres,(Linux e Audacity). "A utilização de softwares livres não diferencia em nada dos softwares pagos no produto final." Senhor A