Papo Pop #008 – Livro: Crônicas da Tormenta Vol.2, da Jambô Editora

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

A pedidos, hoje o assunto é a antologia de contos Crônicas da Tormenta volume 2, organizada por J. M. Trevisan e publicada pela Jambô Editora. Nela, 16 autores incríveis contam histórias no cenário de RPG mais querido do Brasil!

 

 

Sobre o episódio de Crônicas da Tormenta

Que tal acompanhar um príncipe do oceano em sua expedição por terra firme? Ou então retroceder geração a geração, em busca do mistério que envolve uma terrível vingança? Ou ainda levar à falência a indústria de servos zumbis de uma dama da corte? O universo de Arton é tão rico, tão cheio de possibilidades, que fica difícil dizer qual história é mais impressionante!

Nesse vídeo, eu comento cada um dos dezessete contos que integram o volume 2 de Crônicas da Tormenta, com uma rápida sinopse e uma citação. Juntos, vamos desbravar os recôncavos mais perigosos, mais… impossíveis de Arton!

O livro está disponível para venda em versão física e digital, na loja da Nerdz. Importante dizer que um dos contos da coletânea é de minha autoria! 😀 Se você ler, depois me diga o que achou.

E eu trago novidades todo sábado! Seja no Papo Pop ou no podcast Papo de Autor, estou sempre aqui no Cultura Nerd e Geek, então acompanhe o portal e fique sempre por dentro! A edição desse episódio foi feita pelo Luiz Gustavo.

 

Sobre o Papo Pop

Livros, filmes, jogos de tabuleiro… Aqui eu dou indicações de tudo o que amo! Toda semana uma nova vídeo-resenha para você. Exceto no terceiro sábado do mês, que é quando vai ao ar o Papo de Autor.

 

Onde me encontrar

YoutubeFacebook | Twitter | Site pessoal

 

Karen Soarele

Autora da Série Crônicas de Myríade, com quatro livros publicados. Jornalista esportiva nas horas não-vagas, uma brasileira morando no Canadá.

  • Darley Santos

    Legal uma coletânea de contos como essa! Fico imaginando como deve ser, do ponto de vista do autor, ver seu conto publicado em meio a outros, digo, eles foram reunidos sob alguma afinidade temática, então fico imaginando que os contos, em algum nível, se comunicam entre si… Hahaha o Luiz Gustavo ressuscitou o meme do “empolgante” putz… Mas deve ser interessante ver a narrativa ser desenvolvida sob o ponto de vista de uma… pedra! “Ah se essas paredes falassem…”

    • Hahaha… Eu simplesmente ADOREI o conto da pedra. É um dos mais legais do livro!
      Como autora, para mim é uma honra contribuir com um cenário desses e ter meu nome ao lado de gente que eu admiro pra caramba, como Leonel Caldela e Mercelo Cassaro.