ZCast 21 – Relatos Sobrenaturais

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Não olhe pra trás! Não faça movimentos bruscos,  sua vida está passando diante dos seus olhos por um instante, seu coração quase saindo pela boca, seu estômago revirando, seus músculos com espasmos e você perdeu o controle de tudo. Não sabe o que decidir e como decidir. Você viu algo assustador, sentiu uma sensação quase palpável, se aterrorizou… Então você passou por um caso sobrenatural. Prepare-se, pois no Zcast desse mês, Leo Oliveira, Pensador Louco do Teatro escuro do Pensador Louco, Luiz Gustavo do Canal Luiz Gustavo Sr. e Ricardo Oliveira do Canal Tragicomedia trouxeram histórias que realmente aconteceram com eles – histórias assustadoras e sem explicação. E aí, vai encarar?

Tempo do Episódio: 01:29:46

Tema: Relatos

Links Comentados no Episódio:

– Musica mais triste do mundo

– Suastica Nazista na escola

– Site Teatro Escuro do Pensador Louco – Pensador Louco

– Canal Tragicomedia – Ricardo Guerreiro

– Canal Luiz Gustavo Sr. – Luiz Gustavo

Redes Sociais:
Telegram do Cultura Nerd e Geek

Página Oficial do Cultura Nerd e Geek

Twitter Cultura Nerd e Geek

Google Plus Cultura Nerd e Geek

Instagram Cultura Nerd e Geek

Perfil do Marvin no Facebook

Grupo Cultura Nerd e Geek

Grupo de Trocas Cultura Nerd e Geek

Canal Youtube Cultura Nerd e Geek TV

Parceiros:

– Canal Tragicomedia

– Canal Leo Oliveira Bass

– Curta o Hordas Trôpegas

– Siga nosso editor o Senhor A no Twitter

– Curta a Página do Sr.A no Facebook

– Feed do Podcast do Senhor A


E-mails: Mande suas críticas, elogios, sugestões e erros para zcast@hordastropegas.com.br

Arquivo MP3 (clique com o botão direito e depois salvar link como, renomeie. E bom episódio!)


Participantes: Léo Oliveira em 05/11/2016

Convidados: Pensador Louco , Luiz Gustavo e Ricardo Oliveira

Edição: Léo Oliveira

Leo Oliveira

Músico, baixista, gamer e fã de quadrinhos, além de ser fanático por series e totalmente viciado em filmes. Fã de diretores como David Fincher e Quentin Tarantino, além de totalmente viciado no universo Star Wars e apaixonado pela Terra Media!

  • Will, Who?

    Muito bom o cast…curti demais. Queria comentar aqui um caso que aconteceu comigo. Tenho uma prima que ela tem (ou tinha, não sei se ela ainda faz isso) a mania de acordar de madrugada para conversar com o capiroto. Uma vez, na adolescência, ela foi passar o fim de semana lá em casa. Eu acordei na madruga p ir ao banheiro, qnd passei pela sala estava ela lá sentada no sofá, na escuridão, falando “sozinha”. Mermããããão… no dia seguinte eu pedi o minha mãe não deixar mais ela ir lá em casa. Minha tia depois ainda virou na cara mais limpa: “Ela sempre faz isso, as vezes ela conversa até com os ursinhos de pelúcia dela… ah isso fase, vai passar.” Hj ela mora em São Paulo (sou do Rj) e não sei se de fato “passou”. Mas recentemente fiquei sabendo que ela curte essas paradas de festas em cemitérios e tal… acho que não passou não.

    Mais uma vez parabéns pelo cast. Achei vcs pelo Bergs do Plataforma Geeks…ele compartilhou o link desse episódio e já estou indo ouvir os outros. Abraços.

    • Léo Oliveira

      Olá
      Ficamos felizes que tenha curtido e episódio cara!
      PERA AE AHHAHAHAAHh
      Acordar de madrugada pra conversar com o tinhoso não é algo muito normal hahahahahaha
      HAHAHAH cara que historia bizzarra … eu ta teria me borrado só de ver ela sentada falando sozinha kkkkkk
      Nossa .. .que tenso … ela quis se aproximar mais ainda das coisas ahahahah

      Muito obrigado pelo elogio ao cast … e o Bergs é um LINDO mesmo <3<3<3

      Vlw demais pelo comentario cara … vou aguardar mais rs

      grande abraço!

  • Darley Santos

    Tenho a vivência de alguns episódios – dos meus tempos de criança e de 2011 pra cá – de coisas sem explicação e cabulosas (no sentido de deixar uma pessoa impressionada ou paralisada de medo) pra contar. Mas quase todas não vivenciei de forma vívida e super evidente como vocês! Quase todas pairaram no suspense mesmo, sem descambar no terror de algo explícito que se manifesta. Acredito que poucas pessoas vivenciaram realmente coisas assim, de forma explícita e realmente perigosa, como móveis movendo-se sozinhos, figuras espectrais à vista por um tempo razoável, vozes perfeitamente audíveis… Sempre irei considerar a possibilidade de explicações naturais, farsas ou mitomania (em maior ou menor grau se verifica isso nos indivíduos, todas as pessoas podem ceder à tentação de contar aquela estória phodástica que aconteceu com ela em algum lugar e tempo…). Ou talvez realmente exista uma razão para o ancestral medo do escuro…

    • Léo Oliveira

      Faaaaaala Darley!
      Normamente as minhas experiencias são assim, nunca vividas … só a do pirata que não … mas ainda acho que o pirata foi coisa da minha cabeça e tinha um pouco a ver com o rum que tomei naquele dia hahahahahah
      Concordo com você
      Eu sou daquele cara que é bem cético pra muitas coisas, só que eu acredito que se há uma boa porcentagem de chances de ser algo sobrenatural, essas chances não podem ser descartadas.

      Muito obrigado pelo comentario cara e grande abraço pra tu !

      • Darley Santos

        Sim. Modelo de verificação de eventos supostamente sobrenaturais é a perícia científica do Vaticano quando vão confirmar milagres, aparições ou possessões, pois eles prezam tanto a verdade (o modo científico de verificação) que preferem o ódio dos fiéis crédulos do que confirmar algo que seria até conveniente para eles. Muitos fiéis se decepcionam profundamente com a Igreja quando ela analisa casos e casos de supostos milagres e no final diz que não tem nada de sobrenatural… É sempre assim: primeiro, verificar se há causas naturais (das mais diversas); segundo, verificar causa humana, não-intencional ou proposital de má-fé (das mais diversas ainda); só depois disso tudo, “considerar” a possibilidade do sobrenatural. É relevante falarmos disso, pois segundo relatórios da Santa Sé e pelo que podemos verificar sendo veiculado pela mídia, o interesse pelo oculto só vem crescendo.

  • Esse episódio Não Pisque (Blink) de Dr. Who pra mim é superestimado, considero O Tempo dos Anjos bem melhor, além de ter a River Song! <3